Amor

Abstrato

Nesta imensa ansiedade,
buscando a sua face,
o seu eterno sorriso
de muito brilho,
estes teus olhos expressivos
ardentes de paixão.

Minha alma reluz
ao ver-te assim,
sorrindo para mim
encantando as estrelas.

Seus braços me envolvem,
transmitindo intenso calor
e é com muito ardor
que busco estes seus
lábios macios.

Meu doce abstrato,
elixir purificado,
néctar divino,
percorre a imensidão
e descobre o meu corpo,
toca a minha face,
beija a minha boca,
e me ama, no infinito.

***

Pontinhos de luz

Pontinhos de luz,
que circundam as árvores,
meu coração seduz
trazendo amores.

Tão doces e belos,
mas como exaltá-los,
se sou apenas paixão,
o que dizer, então.

Pontinhos de luz,
de cores diferentes,
singelamente reluz
nos corações ofuscantes.

***

Tu me faltas

Tu me faltas muito meu sol.
Tu me faltas já em noites escuras,
por dizer bem alto as estrelas guias,
por sentir a tua boca lasciva
e sua respiração suave encontrando
os lábios meus e como uma brisa,
percorrer todos os campos repletos
de plena felicidade por vezes sentida.

Tu me faltas, meu Lorde.
Eterno amor incondicional,
desde que do claro, no escuro,
entre os dias e as noites,
as montanhas, as planícies.
Tu és a minha paixão eterna,
o meu guia e a minha alma.
Tu és absoluto quando olho
nos teus olhos e o sinto ,
sua mente e teu coração,
ser divino que nasceu,
para que eu eu possa dizer
então, quanto eu o amo,
meu Lorde !

***

Doce amor

Meu doce amor
onde você esta?
Perdido nas águas revoltas,
foi para o fundo do mar.

Estas nas lindas paisagens,
dos campos repletos de flores,
com árvores imponentes
e uma brisa suavemente,
deixa as folhas caírem.

Estas bem perto do meu coração,
vem aqui para dizer, então
Te amo !

***

Céu Infinito

Quero viver plenamente,
e buscar a luz do sol
e nos encantos da noite,
me aproximar do meu amor,
para beijar as estrelas,
presentes no céu infinito
da sua boca,
tocar o seu coração,
fazer os seus olhos
refletirem toda a luz
da minha alma encantada,
porque, te amo!

***

Estrelas

Eu quero ver o sol
e os olhos do meu amor.
A luz,
ocupa meu coração,
quando a lua chega,
eu quero ver estrelas,
e ganhar o brilho
por cada dia
junto a ti
amor, a sorte
são segundos,
a vida,
a eternidade.

***

Sonho

Quando ao fechar os meus olhos,
sentindo toda a ternura
e me encontrar em seus braços,
silenciosa beijo a sua boca.

Mas, o quê? Sobre o sonho?
Manifesta o verdadeiro
desejo de ver o seu rosto
e estar bem próximo de ti.

A procurar em céus infindos,
desvendar os seus segredos,
por perder-se em horizontes
e cantar para ti além dos mares.

Uma linda canção de amor,
com essência de letras perfumadas,
com magia de palavras inteiras
dedicadas para encantar seu coração.

Os sonhos não estão perdidos,
eles mostram as faces da lua
os sentimentos até então escondidos,
entre os enigmas fico assim toda nua.

Desvendar a magia de sua alma,
revela-te com amor ou paixão,
pois entre o sonho ou realidade
um dia, tu despertarás da ilusão?

***

Crepúsculo

Ao me encontrar diante
de todos os enigmas,
e te amar sempre radiante
mostrando-me em carícias.

Com o mais rico tesouro,
diamantes, pérolas, jades,
riquezas, suave crepúsculo
tu desatinamente perdes.

Melodias e cantos belos,
hei de te amar toda a manhã,
nos campos o toque dos ventos,
hão de exaltar em doce afã.

Percorrendo as ricas paisagens,
desvendando todos os mistérios,
ao sabor de sublimes sentimentos
perco-me em deliciosas viagens.

***

Tradução

Às vezes até que parece fácil,
entre palavras e traduções,
fico a sorrir assim tão hábil
em decifrar todas suas impressões.

Amor meu, um lindo encontro,
simplesmente acontece desta forma,
inesperada, mostra o confronto,
inexplicavel que apresenta à alma.

Beija-me a boca e sente a carícia,
do toque mais suave que o sentimento,
coração que pulsa incessante desejo,
à contemplar a vida que reverencia.

O Amor? Sim, e se manifesta no profundo,
do seu ser mais introspectivo, puro,
e pede passagem para as mais belas
paisagens quando sussurra poemas.

Poesias, que faço para ti, amor?
Pois, se és inevitavelmente sublime,
hei de sensivelmente revelar-me,
letras surpreendem por si, com louvor.

***

Seus Olhos

Tu me chamas, meu amor?
Este instante mágico,
que fez parar o tempo,
em segundos sentir o momento.

Tu entendes à arte?
Do encontro supremo no dia,
e o sol ser o mais belo,
e a lua com todo seu fascínio.

A verdadeira arte do amor,
esta em fazer parar o tempo,
por encontrar os seus olhos
e captar todos os sentidos.

Por ver as cores mais deslumbrantes,
em uma festa de energias,
pura magia, fontes mais ricas.
Amor meu? Seus segredos revelastes?

***

Oceano

Qual é a cor da alma?
Diz-me amor repleto de filosofia.
No mistério do mais profundo oceano,
sábio, lindo, nobre espectro.

Quando o sol chega, bom dia!
Ao entardecer, envolve me de luz,
ao se esconder, crepúsculo finda,
completa a minha vida e me traduz.

Nos cristais do meu secreto jardim,
as cores trazem a verdadeira harmonia.
No meu oceano, perfume de jasmim,
beija-me doce amor enriquece minh’alma.

***

Universo

A reação sublime do universo,
quando há perfeita comunhão.
Minha mente ordena ao coração
sentir magnífico manifesto.

As gotas de deliciosa fragrância,
desperta em todo o meu corpo,
puro desejo, por vezes a distância,
revela adorável perfume intenso.

Energias fluem presente d’alma.
Amor que deixa meu peito
repleto da mais doce magia,
toque de amores, encontro supremo.

***

Verdadeiro Amor

Eu não posso sentir o verdadeiro amor
se eu não puder olhar seus olhos
se eu não sentir a tua boca
se eu não ouvir seu coração

Eu não posso alcançar a mais alta montanha
sem antes percorrer os caminhos mais distantes
e sentir o ventos que tocam a minha face
a dizer com suaves toques te amo! te amo!

O amor é simplesmente assim
suave na medida do impossível
abstrato quando exatamente tocável
palpável plenamente quando atinge
o significativo universo da tua alma

***

Eu tenho perdido?

Um pouco do céu,
um pouco das estrelas,
um pouco das águas,
que percorrem neste rio,
mas nunca o universo.

Será que eu tenho perdido?
Um pouco dos caminhos,
um pouco dos sentidos,
um pouco dos sonhos,
mas nunca o amor.

Amor sublime e profundo,
que completa a minha alma.
Tesouro rico, doce rio,
presente de sorriso, pele luminosa,
ao sul da paisagem, rosto lindo.

***

Publicités

Laisser un commentaire

Entrez vos coordonnées ci-dessous ou cliquez sur une icône pour vous connecter:

Logo WordPress.com

Vous commentez à l'aide de votre compte WordPress.com. Déconnexion / Changer )

Image Twitter

Vous commentez à l'aide de votre compte Twitter. Déconnexion / Changer )

Photo Facebook

Vous commentez à l'aide de votre compte Facebook. Déconnexion / Changer )

Photo Google+

Vous commentez à l'aide de votre compte Google+. Déconnexion / Changer )

Connexion à %s